Mensagem do Diretor da EJUD11 aos servidores

Senhor servidor, ativo e aposentado,

A Escola Judicial da 11ª Região saúda o corpo funcional do TRT11 com grande alegria e justo orgulho no dia dedicado ao Servidor Público.

Nossa EJUD11, juntamente com o Regional, tem procurado atender as necessidades de formação profissional de nossos servidores. Se mais não fizemos foi por deficiência orçamentária.

No ano vindouro continuaremos no mesmo esforço, pois é fundamental a formação do trabalhador público, aprimorando suas qualidades, para um desempenho cada vez melhor de suas funções.

A formação integral é nossa meta.

Parabéns por nossa data, com orgulho de servir bem ao Brasil.

Seja bem-vindo ao site da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região


Apresentação

Criada por meio da Resolução da Administrativa nº. 064/2008, a Escola Judicial é órgão integrante do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região, com jurisdição nos Estados do Amazonas e Roraima, é parte do sistema nacional de formação da magistratura do trabalho desenvolvido pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (ENAMAT-TST).

Com autonomia didático-científica, tem por objetivos, dentre outros, promover a interlocução entre as áreas do conhecimento por meio de cursos de formação continuada para juízes do trabalho, estudos, pesquisas, jornadas, seminários, encontros, conferências, palestras nas áreas do Direito e do Processo do Trabalho visando ao aperfeiçoamento da prestação jurisdicional. Suas atividades são voltadas, também, para a promoção de cursos de formação, aperfeiçoamento e treinamento de servidores.

Neste sentido, a Escola Judicial se inscreve no conjunto de ações da administração pública que visa ao fortalecimento, à celeridade processual e ao compromisso social, pilares da Justiça Trabalhista brasileira.

Sob essa perspectiva propõe-se a estreitar as relações institucionais com os órgãos públicos dos Estados do Amazonas e Roraima.

A Escola é dirigida por um Conselho Consultivo composto por um Diretor, um Vice-Diretor e mais três magistrados, um desembargador integrante do Tribunal, um Juiz Titular de Vara do Trabalho e um Juiz Substituto. O Diretor e o Vice-Diretor são escolhidos pelo Tribunal Pleno, e os demais integrantes do Conselho Consultivo, indicados pelo Diretor da Escola, referendados e designados pelo Pleno, todos com mandato de 2 (dois) anos, coincidente com o da administração do Tribunal.

–Escola Judicial